Rigor Rico no Night Track 2019 – foto TheXrider

Rigor Rico se sagrou o primeiro campeão do HEBS com sua terceira vitória no circuito Night Track! Esta foi a quarta vitória do mineiro na temporado do circuito das principais etapas do Brasil, hegemonia que só foi quebrada no Rio Grande do Sul quando perdeu a invencibilidade para o gaúcho Tiago Mergener!

Nos dias 14 e 15 do último final de semana em Morungaba, Rigor dominou. No sábado o mineiro ganhou uma disputa insana no coração da cidade com grande presença de público. Em uma disputa no formato Straight Rhythm, um popular racha de enduro, Rigor venceu todos seus duelos conquistando o lugar mais alto do pódio. Já no segundo dia, enfrentando as trilhas dinâmicas da etapa produzida pela equipe Tranqueiras Racing, o melhor piloto brasileiro mais uma vez liderou com relativo conforto:

“Essa prova foi a consolidação do Night Track. Foi a prova mais bem organizada, um sucesso de público e formato. Foi muito emocionante as disputas. A prova no domingo acertou bem o nível. A Gold ficou bem difícil….mas tem que ser difícil mesmo. Ficou bem perto do Romaniacs o estilo da prova. Em questão de dificuldade e estilo.Alternando trilha travada, com trechos mais rápidos. Sou o tricampeão do Night Track. Foi um sucesso.” Disse Rigor após a prova.

“O pneu Rinaldi foi perfeito para essas trilhas. Teve trechos bem complicados mesmo, tanto que precisamos de ajuda para subir…em área de Help Zone. Consegui andar bem na primeira volta, e na segunda saí para administrar mas errei bastante. Mesmo assim consegui vencer com um margem boa!
Sou o primeiro campeão do HEBS na Gold, escrevi meu nome na história desse grande campeonato que estamos construindo!”

 

O jovem piloto gaúcho Tiago Merger vem construindo um futuro promissor para a modalidade. Apesar de não ter conseguido derrotar Rigor fora do Rio Grande do Sul, Mergener chegou em segundo repetindo o mesmo grande desempenho de Cuiabá. No momento o gaúcho é claramente o segundo melhor piloto do Brasil. Após a prova, o piloto comentou sua participação pela primeira vez no Night Track:

“Foi uma das provas mais cabulosas que já fiz até hoje. O que diferenciou esta etapa das outras foi o prólogo. Muito bem pensado. As trilhas foram bem pesadas, senti várias dificuldades.Mas superei, consegui dar duas voltas, completar a prova. Foi um baita final de semana. Os dois dias correndo perto do Rigor…um pouco mais de treinamento quem sabe a gente alcança ele na ponta. Nunca desistir e bora para próxima. O Night Track foi uma das melhores provas que já corri.”

Para o diretor do HEBS, Vincenzo Barbagallo, o Night Track 2019 se destacou principalmente pela simpatia do público com o formato da disputa do primeiro dia, e pela sensação de dever cumprido ao conseguir produzir e executar uma prova inspirada no dinamismo do Romaniacs:

“Foi eleita pela maioria dos pilotos a melhor prova em todos os quesitos! O esquema que fizemos para ser uma prova bem parecida com o Romaniacs funcionou. A galera adorou. Foi uma prova dura para a categorias Silver e Gold. Bronze e Iron gostaram do desafio e a categoria Turismo foi um convite perfeito para quem quer conhecer o mundo do Hard Enduro. Acho que vai ser uma opção importante para o crescimento do HEBS”.

Com o título já definido, o HEBS parte agora para a sua última etapa em Poços de Caldas – no King Off Jungle. Em jogo estará a disputa pelo vice-campeonato que dependendo do resultado pode favorecer os experientes Tobata & Ripi Galileu ou a jovem promessa Tiago Mergener.

Confira os resultados oficiais:

GOLD:

1 – Rigor Rico
2 – Tiago Mergener
3 – Ripi Galileu
4 – Tobata
5 – Bruno Lima Ferreira

Silver

1 – Marco Túlio
2 – Luis Felipe Brunatto
3 – Maurício Penino
4 – Emanuel Brighenti
5 – Allan Silva

Bronze

1 – Eduardo Furtado
2 – Kaio Prochnow
3 – Fabio Manoel De Pontes
4 – José Roberto Ramos Santos
5 – Marcelo Vieira

Nacional:

1 – Eduardo Starling Mourão
2 – Rodrigo Lima
3 – Mateus Barbosa Dallora
4 – Mauricio Gomes
5 – Fabio Silva

Iron

1 – Evandro Paiva Moreira Jr
2 – Carlos Alberto Souza
3 – Rogerio Rodrigues
4 – Rodrigo Rodeghel
5 – Victor Souza

Conteúdo Relacionado