Antes mesmo de começar, a segunda edição do Cuiabá Hard Enduro ja é considerada a maior competição da modalidade no Brasil!

Cuiabá Hard Enduro

Antes mesmo de começar, a segunda edição do Cuiabá Hard Enduro ja é considerada a maior competição da modalidade no Brasil! A corrida que ocorrerá nos dias 13 e 14 de julho na capital do Mato Grosso já conta com um número recorde de participantes que vêm de diversos estados do Brasil! Por esse contexto, o encontro em solo cuiabano está sendo visto como o grande tira-teima entre mineiros, matogrossenses, paulistas e gaúchos.

A prova será dividida este ano em dois dias! No sábado, dia 13 de julho, pilotos disputarão um prólogo de Super Enduro no fantástico Parque das Águas! São esperados 200 pilotos amantes do Enduro que irão brigar pela vitória e melhor posição de largada para o segundo dia da etapa! No domingo, dia 14, a competição finalmente larga logo cedo rumo as trilhas de off road! Os pilotos vão enfrentar solo semelhante ao da Canastra, com lugares travados, mas com uma paisagem de tirar o fôlego!

 

Parque das Águas – Prólogo

O vencedor da primeira edição do Cuiabá Hard Enduro foi o mineiro Rigor Rico, atual número 1 da modalidade no Brasil e líder do HEBS no momento. Um vitória nesta etapa deixará Rigor muito perto do título nacional. O piloto está em grande forma se preparando para sua participação internacional no Red Bull Romaniacs na Romênia.

Contexto da prova:

Depois de enfrentarem os desafios no Tobata’s Park em Osório-RS na terceira etapa do HEBS, o campeonato chega a Cuiabá-MT com a expectativa de tira-teima entre gaúchos e mineiros. O jovem gaúcho Tiago Mergener conseguiu quebrar a hegemonia de Rigor Rico no HEBS, tirando uma invencilidade do mineiro nos principais circuitos de Hard Enduro que remetia a junho de 2018! Agora em Cuiabá se espera que o mineiro, líder do campeonato, dê o troco e siga firma na sua liderança no Brasil!  Ripi Galileu (MG),Tobata (RS) e Benê Coser (SP) podem surpreender desta disputa e alcançar um pódio que promete exigir dos pilotos muita resistência física e qualidade técnica! Para Gustavo Furlaneto, um dos track-manager da prova e um dos mais prestigiado pilotos da modalide no Brasil, organizar a segunda edição do Cuiabá Hard Enduro está sendo uma realização surpreendente:

“Nos da organização estamos muito felizes. Ano passado a prova foi duríssima e tínhamos a sensação de que espantamos muitos pilotos. Mas os fãs do Hard Enduro nos surpreendeu mais uma vez, não esperávamos que teríamos expectativa tão grande. Devemos ter mais de 150 pilotos disputando cada centímetro de terra das nossas trilhas. Será um grande encontro de pilotos vindo de diversos estados do Brasil!” – conta Gustavo Furlaneto, trackmanager da etapa e um dos pilotos mais respeitados do HEBS.

 

Os principais pilotos do HEBS não veem a hora de enfrentarem os desafios em solo cuiabano:

“A região onde será realizada a prova fica no entorno do Parque da Chapada dos Guimarães. Uma vez no local, uma trilha conecta na outra, sem estradas, sem deslocamentos. Existem vários morros “desafio” que testam as habilidades do piloto: Subidas e descidas sem fim… Leito de rios secos… Trilhas dentro da mata. Sempre em terreno com boa tração. Além do visual espetacular! Acredito que essas condições nas trilhas somadas à organização e hospitalidade dos cuiabanos vão ser um diferencial pra atrair um grande número de Pilotos.” – piloto GOLD Juliano Castoldi (RS)

“A prova do Sul foi bem diferente e tive umas dificuldades inusitadas…. a prova de Cuiabá é bem estilo que já estou acostumado, sem duvida vou fazer o meu melhor pra sair com a vitória. Vou usar a prova também pra preparação final do Romaniacs então espero que a prova seja bem difícil!” –  piloto GOLD Rigor Rico (MG)

“To treinando muito a parte física, principalmente nos horarios mais quentes do dia. To tentando adaptar o corpo ao calor de Cuiabá. O terreno é muito desconhecido pra mim. É uma prova que exige muito do físico e do mental. Estou focado para tentar conseguir um pódio em Cuiabá!” – piloto GOLD Tiago Lume, “Tobata” (RS)

“As expectativas são muito boas Ano passado vi o enorme potencial da região e compromisso dos organizadores
Infelizmente tive um problema mecânico logo no início do ano passado e não pude completar, isso me deixou com uma vontade a mais de voltar e concluir a prova. Este ano meu principal objetivo é completar e me divertir .Ainda não tenho nem moto para a competição, mas uma coisa é certa: não perco esse evento por nada!” – piloto GOLD Gianino Coscarelli (MG).

A cidade de Cuiabá se preparou bastante para receber competidores e turistas que acompanham todo o circuito do HEBS! Existe um clima de grande otimismo quanto ao movimento economico e social que o evento deve trazer para a cidade:

“O objetivo é consolidar a capital neste circuito, fazendo com que venham pilotos não só do nosso país, mas, por estarmos no centro geodésico da América do Sul, fazermos um elo de integração com os países sul-americanos. Portanto, por meio do turismo e do esporte radical, vimos essa possibilidade de integração. Isso potencializa o turismo, há atrações voltadas para o esporte radical nas proximidades de Cuiabá, como em Nobres, Jaciara e no Pantanal. Isso por si só já faz da cidade uma grande atração”, diz o secretário de Cultura, Esporte e Turismo, Francisco Vuolo.

Sobre Cuiabá:
Cuiabá, capital moderna de Mato Grosso, é conhecida como a Cidade Verde, por causa de sua arborização

Cuiabá capital do estado de Mato Grosso, uma pequena metrópole no centro da América do Sul. Representando o Pantanal a cerca de 100 km, e a Chapada dos Guimarães. Além das funções político administrativas, polo industrial, comercial e de serviços do estado, é conhecida como “Cidade Verde”, por causa da grande arborização. A igreja matriz dedicada ao Senhor Bom Jesus de Cuiabá, onde hoje é a Basílica. Cuiabá foi elevada à categoria de vila, com o nome de Vila Real do Senhor Bom Jesus de Cuiabá. A capital tem diversos atrativos turísticos por estar situada em uma região de variadas  paisagens naturais, como a Chapada dos Guimarães e o Pantanal, e por ser um município muito antigo, com um patrimônio histórico importante.

O que fazer visitar:

 

1 – Parque Mãe Bonifácia

Inaugurado em dezembro de 2000, o Parque Mãe Bonifácia possui uma área de 77 hectares. No  local é possível encontrar diversas espécies da flora  típica do cerrado e animais como o sagui e outros pequenos primatas. O parque conta cinco trilhas para caminhadas e áreas recreativas e de esportes. O nome do parque é uma homenagem a uma curandeira, escrava refugiada, conhecida por Mãe Bonifácia. Além do curandeirismo, Mãe Bonifácia controlava o acesso ao quilombo (a área era habitada por quilombolas). O parque está localizado na Avenida Miguel Sutil, e fica aberto ao público de 9 às 19 horas.

2- Parque Tia Nair

Considerado um dos mais belos cartões-postais da cidade, o Parque Tia Nair é uma ótima opção de passeio ecológico que também funciona durante à noite. Dividido em quatro núcleos: ambiental, de esportes, de lazer ativo e de lazer contemplativo, o espaço conta com estações de ginástica, quadras poliesportivas, áreas para piquenique, estacionamento com 285 vagas, pista de Cooper, ciclovia, bicicletário, academia da terceira idade, praça do skate, mirante, playgroung. Outra atração do Parque Tia Nair é o mirante, por meio de uma passarela,o visitante chega a uma ilha, que permite uma bela visão do lago. À noite, a iluminação deixar o parque ainda mais belo. O parque fica na Avenida Jardim Itália e funciona de 6 às 22 horas.

 

3- Centro Histórico de Cuiabá

A bela arquitetura do centro histórico de Cuiabá encanta facilmente os visitantes.  Tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN),  o centro foi construído no período colonial e ainda guarda parte da arquitetura da época. No local, o turista encontra casarios como o Calçadão de Cuiabá, o Museu Histórico de Mato Grosso, a sede do SESC Arsenal, entre outros.

4 – Igreja de Nossa Senhora do Rosário e São Benedito de Cuiabá

Considerada a mais antiga igreja remanescente de Cuiabá – é um dos marcos de fundação da cidade e construída em arquitetura de terra, em torno de 1730, próximo ao córrego da Prainha, onde Miguel Sutil descobriu as minas de ouro que impulsionaram a colonização da região. A fachada típica da arquitetura colonial brasileira guarda a decoração barroca-rococó nos altares, com rica talha dourada e prateada, única com esses detalhes no Brasil. É o palco da Festa de São Benedito, mais longa festividade religiosa do Estado.

5 – Museu da Imagem e do Som de Cuiabá (MISC)

 Instalado no antigo sobrado do Alferes Joaquim Moura, na rua Voluntários da Pátria, nº 75, e inaugurado em 2006, o Museu abriga documentos fotográficos e sonoros que retratam o cotidiano da cidade, desde 1910. As imagens foram capturadas pelos fotógrafos Eurípedes Andreato (cerca de oito mil fotos) e Lázaro Papazian (mais de 25 mil). Há, também, grande quantidade de discos em vinil, fitas de vídeo VHF e fitas cassete. Localizado no Centro Histórico, o museu ocupa uma das construções mais significativas da cidade.

6 – Museu de Pré-história Casa Dom Aquino

Construído em 1842, em estilo colonial e formato de U, o imóvel possui 12 cômodos e fachada voltada para o rio Cuiabá, a poucos metros de distância. Residência conhecida por alguns historiadores como a Casa Predestinada, pois nela nasceram duas personalidades ilustres do Estado: Dom Aquino (bispo, arcebispo, governador de província, escritor e poeta) e Joaquim Murtinho (político, engenheiro e médico, precursor da Medicina Homeopática no Brasil). O museu abriga uma exposição permanente de Arqueologia e Paleontologia e uma reserva técnica de mais de cem mil peças. Entre os fósseis estão a preguiça gigante, dinossauros e animais marinho do período que a Chapada dos Guimarães foi mar.

7 – Mercado do Porto

Conhecido como o Mercado do Porto, o Mercado Varejista “Antônio Moisés Nadaf’  é um dos mais visitados cartões-postais da capital mato-grossense e centro de comércio que abastece a cidade com os mais variados produtos. No local trabalham diariamente cerca de 800 feirantes vendendo de peixe a farinha, de queijo a doces regionais, de frutas a legumes e verduras recém-colhidos. O local é parada obrigatória para os turistas que desejam conhecer os ingredientes da excelente gastronomia cuiabana.

Faça já a sua inscrição

Para o Cuiabá Hard Enduro