Nos dias 21 e 22 de março a cidade mineira considerada “capital do Hardenduro” receberá participantes de todo Brasil para a quarta edição do Barãomaniacs, etapa que abre a temporada o HEBS (Hardenduro Brasil Series). A expectativa para este ano é em cima da estreia de Rigor Rico correndo pela equipe KTM Brasil. O vencedor de todas as edições da prova, nunca perdeu em casa. O Barãomaniacs 2020 também dará o pontapé em diversas inovações do campeonato, como a disputa de times, o campeonato BITES e a consolidação da categoria Turismo para os curiosos nas trilhas dos melhores pilotos de Hard do país.

Barãomaniacs

A edição 2020 do Barãomaniacs promete mais uma vez fazer jus à reputação da cidade considerada o berço do Hard Enduro no Brasil. A prova que em 2019 teve um prólogo emocionante no centro da cidade de Barão de Cocais, e um segundo dia de trilhas muito diversificada em mata, pedra, cascalho, terá em sua quarta edição o mesmo desafio que tanto agrada os pilotos.

A edição 2020 da etapa Barão de Cocais terá mais uma vez a emocionante prova de super enduro no primeiro dia. Além disso, por ser a abertura da temporada, será a oportunidade para vermos como se dará a competição de times – uma inovação do HEBS que permitirá a disputa em um jogo coletivo. É bom reforçar que todos os times da temporada devem ser inscritos antes da realização do Barãomaniacs.

A corrida terá todas as categorias de 2019: Iron, Bronze, Silver e Gold. Mas duas novidades darão oportunidades para curiosos e iniciantes.

A primeira e a estréia da categoria Turismo, uma chance para trilheiros percorreram um circuito especial para assistirem a prova em pontos estratégicos sem qualquer compromisso de competição. Você que tem uma moto e quer experimentar pela primeira vez o gostinho do Hard Enduro sem pressão…essa é sua porta de entrada.

E para os amantes de Big Trail, o Bites será um destaque um tanto especial. Um campeonato Nacional de Enduro. e uma experiência, para quem quer competir ou desfrutar de passeios em um ambiente de off road controlado e com a logística de apoio do HEBS. Não se trata de um Hard Enduro para as grandes motos, e sim de um desafio especialmente construído para quem quer explorar habilidades de navegação e experimentar o contato com a natureza.

Vencedores:
2019: Rigor Rigo – Beta|3R
2018:Rigor Rico – Beta |3R
2017: Rigor Rico – 3R

Inscreva-se para o Barãomaniacs 2020:
Valor da inscrição: R$250

site para efetuar a inscrição: http://chronusae.com.br/eventos/259

Pontos Turísticos:

Barão de Cocais é um município que está localizado a 93 km de Belo Horizonte, e foi fundado no século XVIII. A cidade, que faz parte do Circuito do Ouro, oferece diversas atrações históricas e culturais que podem ser consideradas quase como uma viagem ao passado.

A cidade compõe o roteiro Entre Serras da Piedade ao Caraça e junto a Caeté, Santa Bárbara e Catas Altas oferece experiências incríveis aos visitantes.

Para quem quiser aproveitar ainda mais o passeio e de uma forma diferente, é possível chegar à cidade de trem, saindo da capital mineira. A ferrovia, que faz o trajeto de Belo Horizonte a Vitória, para na estação de Barão de Cocais e a viagem dura pouco mais de uma hora.

1. Sítio Arqueológico da Pedra Pintada

Declarado pela UNESCO como reserva da Biosfera, o Sítio Arqueológico da Pedra Pintada está localizado na Serra do Espinhaço, a 3,5 km de Barão de Cocais. O local abriga mais de 100 pinturas rupestres, com data estimada de 6 mil anos a.C. Uma relíquia dessas não pode deixar de ser visitada, não é mesmo?

2. Santuário de São João Batista

Com obras de Aleijadinho, construído entre 1764 e 1785, o Santuário de São João Batista foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. Os altares são folheados a ouro, a pintura do teto é atribuída ao Mestre Ataíde, que também é o autor da pintura do teto da Igreja Matriz de Santo Antônio em Santa Bárbara, e a imagem de São João Batista colocada na fachada principal foi esculpida por Aleijadinho.

Localizado no centro da cidade, o Santuário é um dos principais pontos turísticos de Barão de Cocais, com visita indispensável, até mesmo por quem não é tão chegado em turismo religioso: a arquitetura e as esculturas valem por si só.

3. Cachoeira do Cambota e Cachoeira de Cocais

Para quem gosta de estar em contato com a natureza e de se refrescar em uma cachoeira, Barão de Cocais oferece ótimas opções. A Cachoeira de Cocais está localizada a 10 km da Vila de Cocais, na Serra da Conceição e ela possui mais de 30 metros de altura e várias quedas d’água.

Já a Cachoeira do Cambota fica no córrego São Miguel, e possui vários saltos que formam duchas e piscinas naturais. Além disso, o cenário ao redor da cachoeira é repleto de lindas plantas e flores, como orquídeas e samambaias.

4. Campos do Garimpo

Parte do Maciço do Espinhaço, os Campos do Garimpo são tombados pela UNESCO como reserva da Biosfera. Lá de cima é possível avistar seis cidades próximas e lá fica a nascente do rio São Miguel, que banha o município. Ali também estão os picas de Água limpa e do Cume.

É um passeio imperdível para quem gosta de ecoturismo e esportes ao ar livre, como caminhada, ciclismo, escalada eslackline.

5. Ruínas do Gongo Soco

As Ruínas do Gongo Soco teve grande importância no ciclo do ouro, um dos ciclos mais importantes para a economia do país, no século XIX. As ruínas são compostas por um casarão, onde morou o Barão de Catas Altas, o cemitério dos ingleses — onde eram enterrados os britânicos que trabalhavam na mina —, um hospital, uma ponte e algumas casas

6. Sobrado do Cartório de Cocais

Hoje, essa construção funciona como um Centro Cultural e abriga o memorial de Barão de Cocais, além de algumas outras exposições. Construído no século XIX, o antigo cartório guardou cerca de 200 anos da história imperial. Foi restaurado em 2009, mas sempre mantendo as características originais.

Essa é uma ótima opção para o casal ou a família aproveitarem o fim de semana ou um feriado prolongado.

 

Faça já a sua inscrição

Para o Barãomaniacs